Existem diferenças no Seguro Empresarial?

Existem diferenças no Seguro Empresarial?

Descubra as variações das coberturas básicas e adicionais conforme a modalidade do seu empreendimento

Escrito por: Estúdio A Hora

Manter uma empresa não é uma tarefa fácil. Ainda que todos os processos e atividades do negócio sejam feitos de forma correta, a preocupação com acidentes e imprevistos é constante na rotina dos empresários. Para trazer mais tranquilidade às empresas, o Seguro Empresarial tornou-se o principal aliado. Mas será que o tipo de estabelecimento e a atividade exercida interferem no valor da apólice?

A resposta é sim! Uma das grandes vantagens do seguro para empresas é que ele se adapta ao tipo de negócio, ou seja, com a ajuda do seu corretor de seguros você poderá ter uma cobertura única, em concordância com as atividades da empresa e que atenda todas as necessidades.

Mesmo em coberturas básicas (CB) é possível ajustar o contrato e perceber algumas diferenças. A CB ampara basicamente os prejuízos causados por eventos relacionados a incêndio, queda de raio, explosão e implosão de tanques e recipientes. A distinção dos contratos se dá por meio da aquisição de apólices para risco absoluto ou relativo.

Para a contratação do Seguro a Risco Relativo é necessário fazer um inventário do capital segurado para obter o chamado Valor em Risco (VR). O VR precisa ser declarado na apólice e representa o valor do ativo a ser segurado, ou seja, são os bens que o segurado tem interesse em repor, em caso de sinistro. Resulta na soma do valor do prédio, do MMU (Móveis, máquinas e utensílios) e do MMP (Mercadorias e Matérias-primas).

Ao ocorrer um acidente, “se esse valor for superior ao VR declarado, haverá aplicação da cláusula de rateio e a indenização será reduzida na proporção da diferença entre o prêmio pago e aquele que seria efetivamente devido” (Susep).

Como saber qual é a melhor cobertura?

Por existirem diferentes necessidades de proteção nas empresas, cada apólice básica do Seguro Empresarial torna-se única. Alguns seguros, como explica Antônio Penteado Mendonça (em publicação para o Estadão), “exigem que haja a correlação exata entre o valor do bem e a importância segurada. Outros exigem que haja uma correlação entre o valor em risco e a importância segurada. E outros deixam ao critério do segurado determinar qual o capital que ele deseja para se proteger de terminado risco.”

Desta forma, o corretor de seguros é fundamental na escolha dos contratos e assessoramentos. O especialista irá auxiliar no reconhecimento dos potenciais riscos dos empreendimentos e ajustará a apólice do seguro empresarial de acordo com o seu negócio.

Ficou com dúvidas? Entre em contato com a Poolseg nos informe seus dados e entraremos em contato para apresentar o melhor produto para a sua necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *