Carro parado? Saiba o que fazer com o veículo e o Seguro Auto

Carro parado? Saiba o que fazer com o veículo e o Seguro Auto

Motoristas precisam tomar cuidados ao retomar o uso dos automóveis após o período de pandemia e não suspender o seguro.


Produzido por: Estúdio A Hora / Jéssica R. Mallmann


A falta de uso é um dos grandes inimigos dos automóveis, pois pode comprometer componentes internos do veículo. Com a pandemia do Covid-19, os carros permaneceram nas garagens, pois muitas pessoas trabalharam home office. Agora, com o retorno da rotina, é preciso atendar a alguns cuidados antes de pegar a estrada.

A primeira medida para utilizar o veículo é fazer uma limpeza completa, principalmente se o carro estiver a mais de 20 dias parados. Restos de alimentos propiciam a proliferação de fungos e bactérias, já a poeira prejudica o sistema de climatização, como o ar condicionado.

A bateria também merece atenção, pois é o elemento fundamental para o funcionamento do motor. Alguns especialistas afirmam que o ideal é que o carro funcione semanalmente, entre 10 e 15 minutos (G1).

Já para os pneus, o ideal é fazer movimentos básicos para que eles não deformem por estarem na mesma posição por muito tempo. Também é importante observar se eles estão cheios, pois, além de por em risco a segurança do motorista e dos passageiros, prejudica no desempenho.

Mas o que fazer com o Seguro Auto? Devo suspender nesse período?

A segurança oferecida pelo seguro auto é de grande importância, “mesmo em um cenário especial como o que estamos vivendo. Porém, algumas alternativas podem resultar em mais economia, que é o que muitos estão buscando” (Bidu).

Segundo o site da Apólice, as seguradoras aumentaram flexibilização de pagamentos durante pandemia. O mercado segurador está auxiliando seus clientes para que eles “possam passar por esse momento protegidos”. Algumas seguradoras, inclusive, oferecem maior flexibilização nas apólices, dão descontos nos produtos e, em alguns casos, prorrogam os prazos para o pagamento do seguro.

“Uma dessas empresas é a Porto Seguro. Nas renovações do seguro auto, a companhia irá garantir o preço de 2019, considerando os contratos com data de vigência a partir do dia 24 de abril, com validade por 60 dias, e também possibilitará o parcelamento em 10x sem juros para cartões de crédito de demais bandeiras, pelo prazo de 30 dias contados a partir de 4 de abril” (Apólice).

Outra empresa que também aderiu a tendência é a Tokio Marine. “A seguradora determinou que para as renovações de produtos Auto, Residencial e Condomínio será mantido o preço da apólice anterior, ou o valor da cotação atual, caso ele seja menor”.

Quer saber se sua seguradora está aderindo as negociações? Entre em contato com o seu corretor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *